BahiaBelmonteBrasilCabráliaCamacanEunápolisGuaratingaInternacionalItabelaItabunaItagimirimItamarajuItapebiPorto SeguroTeixeira de Freitas
Por: Gutemberg Stolze
21/05/2020 - 17:08:17

 

 

Em dia de mais um protesto pedido a reabertura "GRADUAL E PROGRESSIVA" do comércio em Porto Seguro, a reportagem do Imprensananet.com traz um vídeo com alguns estabelecimentos comerciais que já fecharam as portas definitivamente. Nesta primeira pesquisa, identificamos pelo menos 06 empresas, as quais, não só fecharam as portas, como também 'DESMONTARAM SUAS ESTRUTURAs' recolheram seus estoque e os pontos já estão com placas de "Aluga-se". Veja o Vídeo.

 

 

De acordo com o decreto municipal que regulamenta as restrições de funcionamento do comércio, Porto Seguro permanecerá com restrições até o próximo dia 31 de maio. Por conta de seguidas prorrogações do decreto, empresas falindo e milhares de trabalhadores demitidos, entidades de classes, comerciantes e trabalhadores buscam incansavelmente um entendimento para a retomada gradativa das atividades comerciais. 

 

 

No protesto desta quinta-feira 21/05, empresários, motoristas de aplicativos, operadores do transporte complementar, taxistas, guias e informantes de turismos, trabalhadores autônomos de vários setores (músicos, ambulantes...), unidos por um entendimento com o poder público municipal. Com concentração em frente ao Banco do Brasil, a carreata teve início pela Av. Dos Navegantes, seguindo pelas principais ruas do centro da cidade e Bairros do e Campinho; Pacatá.

 

 

 

Com; Rede Hoteleira; Agência Turismos; Rodoviária; Aeroporto; Casas de Shows; Bares; Cabanas de Praia; Parque Aquático; Casas Noturnas; Operadoras e Receptivos de Turismo completamente fechados, milhares de empregos foram perdidos em Porto Seguro. O número de desempregados ainda é incalculável, entretanto, todos sabem que o reflexo da crise causada pelo Novo Coronavírus afeta mais de 95% da população da terra Mater do Brasil.

 

 

Por conta de tudo isso, esperamos que uma solução, um 'PLANO SEGURO E POSSÍVEL', seja acordado entre trabalhadores, empresários, entidades de classe e poder público municipal, para que o mais breve possível, inicie o retorno SEGURO  das atividades do comércio local.

 

Por - Gutemberg Stolze / Imprensananet.com

Deixe seu comentário:

Copyright © 2014 Imprensananet - Todos os direitos reservados.
73 99913-8628 (vivo) / 98823-9662 (Oi) / 98155-2730 (Claro/WhatsApp) | contato@imprensananet.com