BahiaBelmonteBrasilCabráliaCamacanEunápolisGuaratingaInternacionalItabelaItabunaItagimirimItamarajuItapebiPorto SeguroTeixeira de Freitas
Por: Gutemberg Stolze
11/02/2020 - 13:46:44

 

 

As experiências vivenciadas pelas crianças têm grande influência no seu desenvolvimento. Tudo o que as crianças experimentam no mundo externo (vivências e estímulos cognitivos, sensoriais e afetivos) desempenham um papel em sua constituição como indivíduos. Uma importante vivência é ler para elas. A leitura é tão importante, que “receitar livros” se tornou uma recomendação médica.

 

De 1 ano a 2 anos

 

Nessa fase, a criança consegue escolher um livro e entregá-lo aos pais para que o leiam. Também aponta as figuras e copia as expressões e os gestos do adulto que está lendo para ela. Assim, os pais podem:


• Usar diferentes vozes para representar os diversos personagens das histórias;


• Fazer perguntas para que a criança responda apontando. Por exemplo: “Onde está o gato? ”, “Quem faz miau? ”;


• Incentivar que ela faça o som de determinado animal. Por exemplo: “Como a vaca faz? Mu!”;


• Sorrir e responder quando a criança falar ou apontar;


• Deixar a criança virar as páginas do livro;


• Ler a mesma história várias vezes, se a criança quiser;


• Acrescentar mais palavras quando a criança apontar uma imagem. Por exemplo: “Menina. Essa menina é bonita”;


• Fazer outras perguntas sobre as figuras que ela apontar. Por exemplo: “Cadê o cabelo da menina? ”, “E o cabelo da mamãe? ”, “E o seu cabelo? ”;


• Nomear e demonstrar ações e emoções nas histórias. Por exemplo: “A menina está rindo”. E então rir para o bebê;


• Levar sempre um livro quando sair com o bebê e ler para acalmá-lo ou distraí-lo.

 

De 2 a 4 anos

 

Essa é a fase em que as crianças mais gostam de exercer a previsibilidade e, por isso, gostam que os pais leiam as mesmas histórias várias vezes. Também repetem palavras e frases e participam mais da leitura. Os pais podem:


• Fazer perguntas sobre as imagens do livro para que a criança responda. Por exemplo: “O que é isto? ”;


• Ler livros que apresentem ações que as crianças já entendem como inusitadas. Por exemplo, “Os três lobinhos e o porco mau”, ou “O cachorro que faz miau”;


• Valorizar todas as perguntas e comentários que a criança faz, pois são boas oportunidades para começar uma conversa;


• Dar espaço para que a criança faça comentários sobre alguma figura ou palavra;


• Incentivar a criança a contar sua história favorita, de sua própria maneira;


• Levar a criança a bibliotecas ou livrarias para escolher livros ou ouvir histórias;


• Mostrar para a criança como as coisas que acontecem com os personagens são parecidas com algo que ela mesma já fez ou viu;


• Falar sobre os sentimentos dos personagens e perguntar se ela já sentiu a mesma coisa;


• Deixar que a criança conte o que acontece em seguida ao ler histórias já conhecidas.

 

 

Ascom - Escola Monte Rei

Por - Gutemberg Stolze / Imprensananet.com

Deixe seu comentário:

Copyright © 2014 Imprensananet - Todos os direitos reservados.
73 99913-8628 (vivo) / 98823-9662 (Oi) / 98155-2730 (Claro/WhatsApp) | contato@imprensananet.com