BahiaBelmonteBrasilCabráliaCamacanEunápolisGuaratingaInternacionalItabelaItabunaItagimirimItamarajuItapebiPorto SeguroTeixeira de Freitas
Por:
19/09/2019 - 09:48:15

 

 

Hipermetropia, miopia e astigmatismo são os problemas de visão mais comuns em crianças e adolescentes. Eles compõem os chamados erros refrativos, que se caracterizam por impedir a formação do foco das imagens precisamente na retina, a tela situada no fundo do olho que as transmite para o cérebro.

 

 

Na miopia, o foco acontece antes da retina; na hipermetropia, depois; e no astigmatismo ele se forma em diferentes pontos do olho. Os erros refrativos podem surgir no início da infância, mas são mais comuns acima dos 4 anos. Antes dessa idade, estão presentes em 8% da população. Depois, em cerca de 22% das crianças até os 9 anos.

 

 

 

Quanto mais cedo é feito o diagnóstico, melhor o resultado do tratamento, sobretudo para o desenvolvimento normal tanto da visão quanto das habilidades psicomotoras que dependem dela. Erros refrativos não corrigidos, principalmente de alto grau, podem limitar o aprendizado, prejudicar o rendimento escolar, provocar dor de cabeça e até mesmo alterações de personalidade. Estudos associam a miopia não tratada, por exemplo, à maior probabilidade de timidez e introversão.

 

 

 

Para evitar esses riscos, e avaliar também a presença de problemas menos comuns, mas mais graves, os especialistas recomendam levar a criança ao oftalmologista desde muito cedo. Segundo a oftalmopediatra Marcela de Cássia Barreira, de São Paulo, a primeira consulta deve ocorrer aos 6 meses – e até os dois anos, elas devem ser semestrais. Depois, caso não haja nenhum problema, podem se tornar anuais até os sete anos. “Se a criança apresenta algum problema, deve continuar com consultas a cada seis meses.”

 

 

 

O grau dos erros de refração pode se estabilizar cedo ou sofrer alterações ao longo da infância e da adolescência, até por volta dos 20 anos, conforme o crescimento e a mudança da curvatura dos olhos. Na fase escolar, é importante redobrar a atenção, pois não é raro haver a necessidade de até duas mudanças de grau em um mesmo ano.

 

 

 

Essa evolução natural dos defeitos de visão na infância está na origem de um benefício que a marca alemã de lentes Zeiss oferece em sua linha Zeiss Kids, indicada para crianças a partir dos 7 anos: a possibilidade de até duas trocas gratuitas no período de um ano em casos de mudança de grau.

 

 

O produto é feito de policarbonato, um material altamente resistente – tanto que a marca também dá um ano de garantia em caso de quebra. As lentes Zeiss Kids possuem ainda proteção contra raios ultravioleta e luz azul emitida por telas de equipamentos eletrônicos, como celular, tablet e computador, prejudiciais aos olhos.

 

 

A seguir, confira alguns sinais de que a criança pode estar apresentando algum problema de visão:

 

– Sentar muito próximo da TV ou segurar livro ou celular muito perto dos olhos;

 

– Apertar os olhos ou inclinar a cabeça para enxergar melhor.

 

– Fechar um olho para enxergar melhor.

 

– Coçar os olhos com frequência.

 

– Demonstrar muita sensibilidade à luz ou lacrimejar demais.

 

– Não conseguir ler sem acompanhar as linhas com o dedo.

 

– Reclamar de olhos cansados ou dor de cabeça com frequência.

 

– Apresentar redução do desempenho escolar.

 

 

Ascom - Óticas Dantas 

Por - Gutemberg Stolze  / Imprensananet.com 

 

Deixe seu comentário:

Copyright © 2014 Imprensananet - Todos os direitos reservados.
73 99913-8628 (vivo) / 98823-9662 (Oi) / 98155-2730 (Claro/WhatsApp) | contato@imprensananet.com